5 esclarecimentos para abrir uma franquia home office frente à crise do COVID-19

Segundo a Organização Internacional do Trabalho (OIT), a pandemia do novo Coronavírus poderá resultar em até 25 milhões de novos desempregados no mundo. No entanto, o brasileiro que sempre foi muito criativo pode aproveitar este momento de mudanças para repensar sua forma de trabalhar e enxergar o home office como um incentivo para descobrir novas formas de manter as economias em dia com muita chance de prosperidade e sucesso por meio do seu próprio negócio.

Nanofranquias como soluções – Segundo dados da Associação Brasileira de Franchising – ABF, o setor demonstra consistência e estabilidade e o faturamento cresceu em 6% de 2017 para 2018. Já em termos de empregabilidade, o setor teve um ganho de 4,6% de 2018 para 2019. No entanto, além dos modelos tradicionais de franquia que já conhecemos, existem também as nanofranquias, que são oportunidades de negócios para quem dispõe de pouca verba. Além disso, uma de suas características é o trabalho “home based”, ou seja, o franqueado trabalha diretamente de casa e é responsável por todo o trabalho da empresa.

Para auxiliar quem está em busca de uma nova empreitada profissional, Bruno Bronetta, CEO do Grupo TSValle, apresenta cinco esclarecimentos para abrir uma franquia home office com os melhores resultados:

1 – Qual o investimento inicial para abrir uma nanofranquia home office?

Tendência crescente, esse modelo de negócio tem aumentado sua participação no mercado principalmente por ter um investimento inicial abaixo dos R$ 25 mil. A rede de franquias TSValle é um exemplo. Atuante desde 2003, oferece aos seus franqueados o modelo de franquia no formato home office, com investimento inicial de R$ 8.900,00, que pode ser parcelado em até dez vezes.

2 – Em quais segmentos posso atuar?

Há negócios de diversos segmentos e investimentos, segundo a Associação Brasileira de Franchising (ABF), os setores de vendas online como, publicidade, mobile marketing, vendas de cosméticos e suplementos alimentares, e também de turismo têm crescido no Brasil. Além desses segmentos, outras franquias home office que se destacam são do setor de: serviços, saúde e bem-estar.

3 – Quais vantagens e desvantagens?

Como vimos no primeiro item, dentre os benefícios das franquias também chamadas de “home based” a economia, com investimento inicial baixo, e a possibilidade de operar de casa se destacam. Além disso, a necessidade de poucos funcionários, modelo de negócio pronto e o payback mais rápido são vantagens importantes. Entretanto, trabalhar em casa não é fácil, é necessário ter foco e uma boa gestão para o negócio dar certo. É importante ter bem claro com a franqueadora quais são as políticas estabelecidas e a estrutura de pagamentos e recebimentos para não ter surpresas desagradáveis no futuro.

4 – Preciso ter experiência em gestão de negócios?

Não é necessário ter experiência, mas a dedicação é fundamental. O principal desafio é comportamental, apesar de ser um negócio próprio o empreendedor não está sozinho e terá que ouvir as orientações e diretrizes da franqueadora. A TSValle, por exemplo, oferece aos seus franqueados treinamentos presenciais e online. Junto à capacitação técnica, é oferecido também treinamento da metodologia de vendas e prospecção da empresa, o que certamente garante o sucesso dos negócios.

5 – Pesquise!

Para não ter arrependimentos futuros promovidos por uma administração ruim, antes de escolher qual franquia investir é importante observar qual negócio é do seu interesse e perfil, e ter uma conversa transparente com a franqueadora. Definido isto e qual segmento tem interesse em investir, pesquise bem e cuidadosamente na hora de escolher uma franqueadora.

O primeiro passo é verificar os números com cautela e questionar se a marca está realmente oferecendo um retorno coerente com a sua expectativa.

Realizar visitas, avaliar resultados, pesquisar o que os consumidores pensam da marca são tarefas importantes para evitar o investimento em modelos de negócio mal pensados e/ou com produtos difíceis de vender.

Higienização do veículo pode evitar proliferação do Coronavírus

O COVID-19 pode durar por até 72h em ambientes empoeirados. Soluções com alta tecnologia de limpeza da Petroplus se tornam essenciais para esse serviço e pode ser feito pelo próprio condutor

car-1879937_1280

Em tempos de Coronavírus, a necessidade de que veículos sejam submetidos a processos de manutenção e limpeza se torna ainda mais relevante, já que uma parte da população precisa utilizar o carro para se locomover pela cidade para ir a alguns lugares como ao trabalho, ao médico, ou porque o próprio automóvel é a fonte de renda.

Segundo estudos de universidades norte-americanas (Princeton e Universidade da Califórnia) o vírus Covid-19 sobrevive em superfícies por longos períodos. Em materiais plásticos, ele pode durar por até 72h e em ambientes empoeirados, entre 40 minutos a 2h30min, tornando o veículo um ambiente propenso à contaminação. É importante ressaltar que o vírus também possui um período de sobrevivência grande em materiais como o aço inoxidável, cerca de 72h; papelão, 24; e cobre, 4h.

Eliminar a poeira dos automóveis se torna então um grande passo no combate a proliferação do Coronavírus. Sendo assim, para a limpeza interna de carpetes, estofamento, ar-condicionado e volante, a Petroplus possui produtos altamente eficientes. O ST-0720BR Auto Air Cleaner é biodegradável e foi desenvolvido com base na mais alta tecnologia de limpeza de sistemas de ar condicionado automotivo. Sua fórmula remove sujeiras e oleosidade incrustada no interior do sistema e é totalmente eficaz frente a diversos tipos de bactérias, fungos e ácaros, que se desenvolvem dentro dos dutos e sistemas de ar. Com registro na ANVISA, sua aplicação é rápida e segura e o veículo pode ser utilizado logo após a aplicação

Para as demais partes do carro, a recomendação da Petroplus é ST-0191BR Tuff Stuff, um produto que evita acúmulo de ácaros e similares, ideal para limpeza de uso automotivo em estofados, carpetes e vinil. Sua espuma de ação profunda remove a sujeira, restaura a cor e aparência originais. Por isso, ele é altamente eficiente na limpeza e na remoção de manchas de estofamentos de vinil e tecido, pisos, carpetes e cromados.

Vale lembrar que o outono é uma estação em que enfrentamos oscilações de temperatura e baixa umidade relativa do ar. Portanto, o cenário pede a devida atenção à higienização para mais conforto e saúde de todos que dependem de um veículo, principalmente, aqueles usados para transportar pessoas acometidas por doenças crônicas e que são consideradas grupos de risco em tempos de Coronavírus.

COVID-19: com delivery em alta, motoboys devem redobrar a atenção com suas motos para circularem pela cidade com segurança

Com o aumento da demanda, entregadores precisam verificar componentes importantes para o bom funcionamento de suas motos como, por exemplo, a luz do farol. Novidades em lâmpadas de LED, com sistemas robustos de dissipação de calor para evitar o sobreaquecimento e, consequentemente, a queima da lâmpada, chamam a atenção desse público que busca mais segurança e conforto visual durante corridas.

Para evitar a disseminação do coronavírus em São Paulo o governo estadual anunciou que o fechamento de shoppings e restaurantes deve acontecer de 23 de março até o dia 30 de abril. Com a população em casa, em quarentena, a demanda de pedidos nos aplicativos de delivery está em crescimento. Nesta situação é primordial pensar na segurança dos motoboys e no cuidado redobrado que eles deverão ter com suas motos, tendo em vista não só a produtividade, mas acima de tudo a própria segurança para circular pela cidade, principalmente à noite.

De encontro com este cenário, a OSRAM, multinacional alemã entre as líderes em soluções de alta tecnologia e iluminação, lança a lâmpada LED X-Racer® HS1/H4 para motos com o objetivo de promover qualidade de luz e segurança, sem renunciar ao efeito estético da luz branca com 6000k.

O produto, com garantia de 2 anos, possui um robusto sistema de dissipação de calor. A tecnologia é um diferencial principalmente quando comparado com outros modelos concorrentes no mercado, porque não permite um sobreaquecendo dos componentes eletrônicos e do próprio LED, e assim, evita a queima prematura da lâmpada, gerando gastos inesperados.

Uma lâmpada de LED precisa proporcionar um ajuste perfeito do facho de luz e linha de corte, que garanta melhor visibilidade, mais conforto visual ao dirigir e maior segurança ao condutor, que tem mais tempo para reagir a obstáculos e situações de perigo, e evita o ofuscamento do motorista que transita em sentido contrário.

Além das medidas de proteção das motos é importante destacar a importância de orientações sanitárias.  De acordo com matéria do Estadão de 18 de março, empresas como Ifood, Uber Eats e Rappi já adotaram normas como diminuição de contato entre entregador e consumidor, entrega de álcool em gel para higienização e máscaras de proteção para evitar a contaminação.

Sobre a OSRAM

A OSRAM, com sede em Munique, na Alemanha, é uma das líderes em soluções de alta tecnologia para iluminação no mundo. O portfólio da companhia abrange: lâmpadas, semicondutores ópticos como diodos emissores de luz (LED) – a reatores eletrônicos, além de luminárias completas, sistemas de gerenciamento e soluções em iluminação. A OSRAM é líder de mercado no setor automotivo. As atividades da companhia têm focado em luz – e, portanto, na qualidade de vida – por mais de 110 anos. Mais informações sobre a OSRAM podem ser encontradas na internet, pelo site www.OSRAM.com.br

COVID-19: prevenir com água e sabão (que água?)

O ano começa com a maior crise sanitária mundial da nossa época, como afirma a OMS. Enquanto escrevo, já temos no mundo mais de 740 mil casos confirmados de pessoas contaminadas pelo novo coronavírus e cerca de 35 mil mortes.

Milhares de cientistas, autoridades e especialistas estão empenhados em reduzir a proliferação do vírus e, consequentemente, as mortes. Nota-se, no entanto, que para todos, uma ação é unânime: o aprimoramento da higiene. O simples ato de lavar as mãos com água e sabão ajuda a reduzir em mais de 40% a possibilidade de doenças como viroses e infecções diarreicas, segundo a OMS.

Parece tão óbvio, tão banal. Mas não é! No Brasil ainda existem cerca de 35 milhões de pessoas sem acesso à água tratada, segundo dados extraídos do Instituto Trata Brasil. Não há como exigir higiene de uma população que sequer tem acesso ao item mais básico do saneamento.

Neste cenário, há alguma esperança com o novo marco legal do saneamento, que prevê metas de universalização de acesso ao saneamento pelo Brasil. Espera-se, com isso, que 99% da população tenha acesso à água tratada até o final de 2033 e que 90% tenha acesso à coleta e tratamento de esgoto no mesmo período.

Com a universalização, acredita-se que o setor de fornecimento de químicos e tecnologias para o tratamento de água e esgoto cresça consideravelmente durante a próxima década. Ao longo dos últimos anos, já observa-se uma busca incessante por tecnologias mais eficientes e sustentáveis para algumas etapas dos processos de tratamento, como é o caso do Dióxido de Cloro utilizado na pré-oxidação em estações de tratamento de água. Este produto vai totalmente de encontro a um assunto muito recorrente nos dias de hoje, que é a segurança da água.

O Dióxido de Cloro é uma das barreiras químicas mais eficazes contra protozoários como a Giárdia e o Cryptosporidium, microorganismos responsáveis por surtos de doenças diarreicas que matam milhares de pessoas todos os anos, principalmente em regiões mais carentes, justamente onde o acesso ao saneamento é precário ou inexistente.

Seguimos confiantes de que os próximos anos serão muito positivos para o saneamento no Brasil. Além disso, após essa pandemia, todos os olhos estarão voltados ao aprimoramento da higiene e teremos um real e mais profundo entendimento sobre a importância do acesso à água tratada para todos. Teremos, assim, uma melhora na qualidade de vida das pessoas, principalmente daquelas que enfrentam as piores mazelas nas regiões mais carentes.

* Lucas Donato é Gerente Comercial da unidade de negócio Sabará Químicos e Ingredientes, pertencente ao Grupo Sabará, empresa que oferece ao mercado soluções integradas para o tratamento de águas industriais e saneamento básico, garantindo há mais de 60 anos o fornecimento de produtos, equipamentos e serviços.

Conheça dicas importantes para aumentar a sua imunidade

O pânico generalizado que tomou conta da maioria das pessoas acaba promovendo a disseminação de informações erradas relacionando a prevenção em relação ao tratamento e prevenção do Coronavírus. É importante ressaltar que não existe nenhum alimento, suplemento ou ações milagrosas que evitem o contágio. Basicamente, a melhor prevenção é aquela que restringe o contato físico, evitando ambientes de aglomeração, uso compartilhado de materiais pessoais, além da higiene constante das mãos com água, sabão e álcool em gel.

Por outro lado, o fortalecimento do sistema imunológico é uma medida necessária para que a recuperação após o contágio seja mais eficiente e cause menos danos possíveis à saúde. Para isso, é importante que o paciente use a nutrição e os bons hábitos de vida como aliados.

Evite alimentos inflamatórios e que demandem muita energia para digestão, como o leite de vaca, substituindo por leites 100% vegetais, a base de amêndoas ou coco por exemplo. “Os leites vegetais da Vida Veg além de serem fontes de vitaminas B6, B12 e D, são ricos em cálcio e tem uma boa quantidade de proteína. Os iogurtes da marca, por sua vez, também entregam uma boa quantidade de cálcio e podem realçar o sabor em receitas mais saudáveis”, observa Anderson Rodrigues, sócio-diretor da Vida Veg.

Para esclarecer as dúvidas, a nutricionista Lulia Dib preparou oito dicas nutricionais que vão ajudar na recuperação e também na transformação do seu estilo de vida:

1- Tenha o sono regular e cuide das suas emoções. O descanso do corpo e da mente estão diretamente ligados à produção hormonal que influencia a sua imunidade. O medo, o pânico e a ansiedade contribuem para a produção de substâncias imuno-depressoras, como o cortisol. Acalme-se e descanse;

2- Hidrate-se durante todo o dia. É indicado o consumo mínimo diário de 35 ml de água pura por kg de peso. A ingestão de sucos, leites vegetais e chás não entram neste cálculo;

3- Esqueça neste momento as dietas restritivas e hipocalóricas. O baixo consumo de calorias (em relação às suas necessidades) reduzem a imunidade. Neste momento, foque em fortalecer a saúde, deixe a perda de peso para outro momento, se for realmente indicado;

4- Aumente o consumo de alimentos antioxidantes, ricos em vitaminas e minerais. Capriche em sucos, bowls e saladas coloridas, com frutas, legumes e verduras variadas, e de preferência, in natura, para conservar a energia vital do alimento e o maior aporte micro-nutricional;

5- Insira na sua rotina, e sem exagero, o consumo de alimentos que possuem o poder anti-inflamatório natural e atividade anti-microbiana como alho, cúrcuma, gengibre e limão.

6- Reduza (e se possível, suspenda) o consumo de álcool, tabaco e drogas. Todos estes reduzem a resposta imunológica;

7- Inclua na sua rotina o consumo de chás antioxidantes, como chá verde, hibisco, gengibre, romã, cúrcuma e maçã com canela. Eles possuem componentes que auxiliam na melhora do perfil metabólico, favorecendo o funcionamento do organismo, como um todo;

8- Mantenha a rotina de tomar 15 minutos de sol por dia, antes das 10h da manhã e após as 16h da tarde. A vitamina D é aliada no fortalecimento do sistema imune.

Lembre-se: na medicina não existe milagre ou poção mágica. Aproveite este momento para se recolher, incluir bons hábitos alimentares e de estilo de vida, meditar, cuidar da sua mente e descansar.

Dica de receita Viga Veg:
Espetinhos de pepino e cenoura com molho de Iogurte Vegano de Coco e salsinha. É super fácil e refrescante, confira a receita!

unnamed
⠀Ingredientes:
– ½ xícara de Iogurte de Coco @vidaveg
– 1 colher de chá de azeite
-1 colher de sobremesa de salsinha picada
-1 pitada de sal
-1 pitada de pimenta do reino

Modo de preparo:
Misture todos os ingredientes e está pronto para servir.

Observação:
Para aumentar o poder anti-inflamatório e antioxidante da receita, adicione uma colher de café de cúrcuma.

McDonald’s vai operar exclusivamente por delivery, drive-thru e pedidos para viagem

Medida visa ampliar a proteção de funcionários, clientes e parceiros

A Arcos Dorados, maior franquia independente do McDonald’s no mundo, tomou a decisão de fechar o salão de seus restaurantes no Brasil a partir de 23 de março, medida que amplia a proteção de seus clientes e funcionários num período de expansão da contaminação pelo novo Coronavírus.

A rede informa que temporariamente seus mais de 1000 restaurantes no país atenderão aos clientes exclusivamente pelo Delivery, Drive-thru e, em algumas situações, pedidos para viagem, incluindo as lojas de rua. “Mesmo compreendendo que fornecemos um serviço essencial, afinal as pessoas precisam continuar se alimentando, esse é o momento de pensar na proteção dos nossos funcionários, clientes e comunidade, e ter uma visão de longo prazo para o nosso negócio”, explica Paulo Camargo, Presidente da Divisão da Brasil,

A empresa reitera ainda que está tomando todas as medidas de prevenção e proteção de seus funcionários, clientes e parceiros, reforçando seus protocolos de higiene e limpeza. A companhia segue acompanhando dia a dia a evolução da questão no país, seguindo todas as determinações das autoridades sanitárias do Brasil e considerando todas as situações excepcionais.

Para simbolizar a importância do distanciamento social neste momento, a marca separou os icônicos arcos dourados de sua logomarca em uma imagem criada especialmente para as redes sociais. A ideia da equipe de Marketing da empresa foi concretizada pela DPZ&T.

“Acreditamos que, juntos e com responsabilidade, o país será capaz de superar esse momento. Aproveito aqui para reconhecer publicamente o esforço que nossos times estão fazendo para continuar servindo ao nosso cliente”, ressalta Paulo Camargo.

Unibes lança campanha para auxiliar famílias durante a quarentena

A Unibes (União Brasileiro Israelita do Bem Estar Social), atuante há mais de 100 anos na cidade de São Paulo e considerada uma das instituições mais respeitadas do terceiro setor, atende a um público formado por crianças, adolescentes, idosos e famílias que vivem em situação de vulnerabilidade social. Devido aos desdobramentos do coronavírus (COVID-19), a instituição está organizando uma campanha de arrecadação e doação de cestas básicas para as mais de 1500 famílias que, a partir do dia 23 de março, não poderão contar com o CCA (centro da Criança e do Adolescente) e SASF (Serviço de Assistência Social Família) para comer.

A ideia é conseguir suprir as necessidades básicas destas famílias. A Unibes fará toda uma logística de coleta e entrega de acordo com as normas indicadas pelos órgãos responsáveis.

O valor para a doação será de R$78,00 que será revertido em uma cesta básica. Caso queira colaborar com outro valor, acesse o link abaixo:

https://unibes.doareacao.com.br

Sobre a Unibes

Fundada em 1915, a Unibes orgulha-se de ser uma das instituições mais respeitadas do terceiro setor, reconhecida nos setores público e privado por sua credibilidade, eficiência e transparência. O público atendido pela instituição é formado por crianças, adolescentes, idosos e famílias que vivem em situação de vulnerabilidade social. Hoje, mais de 15 mil atendimentos são realizados pela Unibes que tem o propósito de ajudar essas pessoas a transformarem a sua própria história de vida. Este trabalho tem o objetivo de apoiar a educação no contraturno, capacitar para o trabalho, desenvolver a autonomia individual e disseminar o interesse pela cultura, além de apoiar o resgate da autoestima e da qualidade de vida.

A Unibes tem suas unidades distribuídas em 7 bairros da capital paulista, sendo elas o Centro da Criança e do Adolescente (CCA), o Centro de Educação Infantil Betty Lafer, o Serviço de Assistência à Família (SASF), o Centro Dia, o Núcleo de Convivência para Idosos, as Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs), a Unibes Cultural, e o Bazar Unibes, além da sede Unibes no bairro Bom Retiro.