JAKE BUGG PARTICIPA DE LANÇAMENTO DO PROJETO “PARALISE O GUILLAIN-BARRÉ”

Artista britânico fará aparição exclusiva para chamar atenção dos fãs de música para a doença em São Paulo.
paralise

O cantor Jake Bugg, que se apresenta nos dias 9, 10 e 11 de março no país, aproveitará sua estadia para uma aparição exclusiva um dia antes do início de sua turnê. O cantor inglês lança o projeto PARALISE O GUILLAIN-BARRÉ, de iniciativa de ex-alunos da instituição de ensino ON STAGE LAB, especializada em cursos voltados para a formação de profissionais nas áreas de entretenimento ao vivo e negócios da música.

O projeto PARALISE O GUILLAIN-BARRÉ tem dois grandes objetivos: o primeiro é informar a população sobre o que é a doença, como ela se desenvolve e quais suas possíveis relações com Zika Vírus (transmitido pelo mosquito aedes aegypti). Ainda não estão inteiramente comprovadas as associações da síndrome com o Zika Vírus, mas muitas pesquisas vem sendo desenvolvidas nesse sentido. Já o segundo objetivo é a arrecadação de fundos para o avanço das pesquisas científicas para designar um protocolo de diagnóstico da doença, tratamentos e a rápida recuperação dos pacientes acometidos pela síndrome. Jake Bugg é o primeiro artista a levantar a bandeira da Síndrome de Guillain-Barré, que já foi considerada extremamente rara, mas que atualmente tem elevado número de casos registrados no Brasil desde 2015.O fundo de doações, que está na plataforma de crowdfunding Kickante, será direcionado ao departamento de Neurologia da Faculdade de Ciências Médicas da UERJ, uma das poucas instituições no país que trabalha com pesquisas relacionadas ao Sistema Nervoso Periférico, incluindo a Síndrome de Guillain-Barré.

Jake Bugg fará uma surpresa para quem estiver no evento, em local a ser divulgado apenas para quem obtiver um convite especial. O público selecionado para estar presente – em torno de 200 fãs – virá de de concursos culturais em canais da escola e de parceiros no projeto – Universal Music e o DJ Maia, que fará discotecagem especial em nosso evento de lançamento.

Os fãs que participarem do evento receberão mais informações sobre a Síndrome de Guillain-Barré e poderão postar trechos da aparição do cantor em suas redes sociais com a hashtag #InformaçãoNãoParalisa. Todos que ganharem lugares nessa apresentação mais do que especial deverão trazer uma cesta básica, que será revertida para o Bianca’s Day, projeto da família de uma das fundadoras da ON STAGE LAB, Bianca Freitas, vítima fatal da síndrome no ano passado. As cestas básicas estão sendo direcionadas à Casa Eucarística Voz dos Pobres em São Paulo e em Brasília.

A SÍNDROME DE GUILLAIN-BARRÉ
A Síndrome de Guillain-Barre é uma doença autoimune que pode estar relacionada a outras infecções, além da possível associação com as arboviroses (Zika Vírus, Dengue e Chicungunya). A doença foi descrita em 1916, e ainda existem muitas dúvidas sobre a sua fisiopatologia (o processo da doença). A doença ocorre quando o sistema imunológico ataca parte do sistema nervoso. A pessoa sente fraqueza muscular, com dificuldade de controlar os movimentos e nos casos mais severos perde todos os movimentos do corpo, correndo risco de órgãos vitais ficarem comprometidos também.

A síndrome pode afetar qualquer pessoa de qualquer faixa etária. É rara e normalmente ocorre três semanas depois que o paciente teve infecção respiratória ou gastrointestinal viral. Ultimamente o aumento de casos tem sido relacionado ao Zika Vírus. Cientistas estão estudando o desenvolvimento e consequências da síndrome, já que a sua causa ainda é desconhecida.

Segundo uma pesquisa do Centers of Disease Control and Prevention, feita em pacientes com suspeita da síndrome em 2016, 61% tinham evidências do Zika Vírus presente, incluindo 18% com Infecção por Zika Vírus confirmada.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), a ocorrência da Síndrome de Guillain-Barré no Brasil cresceu 19% entre janeiro e dezembro de 2015, em relação a media dos anos anteriores. O número total de pacientes registrados nesse período foi de 1.708, o que corresponde a mais de 5 casos por dia.

A correlação entre o Zika e distúrbios neurológicos, como a síndrome de Guillain-Barré, está entre os motivos de a Organização Mundial de Saúde (OMS) ter decretado a emergência internacional. Embora só uma parcela pequena de pessoas com Zika apresente distúrbios neurológicos, estes chamam atenção pela gravidade. Cientistas não sabem se condições preexistentes dos pacientes, como doenças autoimunes e uso de corticoides, poderiam ter ligação com o problema. Tampouco se haveria predisposição genética.

A UERJ é um dos centros de referência de pesquisas científicas da doença e, com a crise financeira do estado do Rio de Janeiro, tememos que as pesquisas sejam paralisadas e que novos pacientes sofram, não só com a falta de recursos para internação, tratamento e reabilitação, como também com a falta de protocolos de diagnóstico.

A ON STAGE LAB
O mercado de entretenimento ao vivo e negócios para a música já conhece bem a ON STAGE LAB. Chegamos ao mercado para propor discussões e acompanhar o desenvolvimento e as mudanças em entretenimento e negócios de música, mas queremos ir além.  Queremos mais do que apenas promover cursos para a formação e reciclagem no mercado.
Por isso, desenvolvemos uma série de projetos especiais com o objetivo de gerar conteúdo relevante para o mercado e abrir discussões sobre os mais diversos temas e por essa razão, a empresa inicia o ano de 2017 com mais um projeto especial de ex-alunos, dessa vez voltado para a filantropia e o financiamento de pesquisa científica.

SERVIÇO
PARALISE O GUILLAIN-BARRÉ
Com Jake Bugg
Data: 8/3
Local: a ser divulgado
Abertura: 18h, com discotecagem do DJ Maia, da 89FM
Horário: 20h30
Entrada somente via promoções especiais em nossos canais parceiros

DOE PARA O PARALISE O GUILLAIN-BARRÉ!
Link: https://goo.gl/U0vN7O

PARCEIROS | APOIADORES | PROMOÇÃO
89FM | ON STAGE LAB | Bianca’s Day | Jake Bugg Brasil | UERJ

Anúncios

FÃS DE THE WALKING DEAD SE ENCONTRAM NESTE SABADO, 11, NA FNAC PAULISTA

Na véspera da estreia mundial da 7ª temporada, evento terá participação especial dos dubladores brasileiros da série. Entrada franca.

Neste sábado, 11 de fevereiro de 2017, às 15h, fãs da série The Walkin Dead se encontram na Fnac Paulista (av Paulista 901 e Al Santos 960, São Paulo). Um dia antes da estreia mundial da 7ª Temporada da série, a Fnac e Os Geeks promovem um encontro com os fãs do seriado. O evento contará com as presenças dos dubladores oficiais da série, além de convidados especiais que irão conversar com os fãs sobre a expectativa sobre a nova temporada e o futuro de The Walking Dead.
Estarão presentes no encontro os dubladores Marco Antônio (Rick), Cassius Romero (Negan) e Silvio Giraldi (Daryl) para conversar com os fãs e tirar fotos. Também participará do bate-papo o crítico da série Cesar Gaglioni, do site Jovem Nerd.  Além disso, o autor e cineasta de terror Marcos DeBrito e o criador da saga “As Crônicas dos Mortos” Rodrigo de Oliveira abordarão muitas curiosidades sobre a temática dos zumbis nos livros. Haverá concurso de cosplay e distribuição de prêmios. Entrada franca.

image001