CAMILA BRASILIANO E FELIPE BORIM LANÇAM ‘SÓS’ NA TUPI OR NOT TUPI

A cantora Camila Brasiliano e o violonista Felipe Borim fazem show de lançamento do álbum ‘Sós’ na Casa Tupi or Not Tupi, localizada à rua Fidalga, 360, Vila Madalena, próximo dia 06 de maio, a partir das 20H. O público presente vai poder conferir as canções do novo disco, bem como releituras de samba, choro e toadas.

Boa música não requer rótulos, mas sambas e canções regadas nas ricas tradições da música brasileira, talvez sejam as melhores formas de para definir o recém lançado ‘Sós’, da cantora Camila Brasiliano e do violonista Felipe Borim.

O álbum de 9 faixas, que conta com direção musical e arranjos do próprio Felipe Borim e mixagem e masterização de Luiz Leme e Vitor Loureiro, chega ao mercado pela Selo Cooperativa de Música, com distribuição digital e física Tratore Music.

Trata-se de uma homenagem a música popular brasileira ao ter em seu repertório músicas autorais e releituras de grandes mestres como Ary Barroso e e Baden Powell, por exemplo.

Entre os destaques estão ‘Refém da Solidão’ (Baden Powell) e ‘Cabecinha no Ombro’ (Paulo Borges), ambos clássicas do repertório popular brasileiro, mas que ganharam novas roupagens. Mas, há também espaço para o novo em faixas como ‘Moda Miúda’ (Ricardo Herz e Luis Felipe Gama) e ‘Água’ (Felipe Borim e Roberta Zerbini), que são músicas inéditas e de compositores contemporâneos.

O trabalho foi todo gravado no formato voz e violão, mas neste caso ambos são protagonistas, sendo parceiros em todas as canções. “O disco tem como base o diálogo intenso entre o violão e a voz, banhado na tradição deste formato dentro da música brasileira. Trata-se de um violão que não é mero acompanhamento, mas que carrega a identidade de um solista, que acompanha, mas também tece novas melodias, dando uma cara nova aos arranjos”, explica Camila Brasiliano.

A afinidade musical de Camila e Felipe começou em 2006 nas rodas de samba de São Paulo e aos poucos foram aprofundando o trabalho, criando músicas e arranjos que explorassem as possibilidades oferecidas por dois elementos: voz e violão.

Entre suas principais referências estão a revolução estilística de João Gilberto, o virtuosismo de Raphael Rabello com Ney Matogrosso, o violão e vocais rítmicos de João Bosco, até a sofisticação de Paulo Bellinati com Monica Salmaso.

O trabalho foi ganhando corpo ao longo dos anos, nos quais a dupla realizou diversos shows em São Paulo, Brasília, Belo Horizonte e Rio de Janeiro, além de uma turnê pela Europa em 2015, com shows em casas de Lisboa e Barcelona.
Todas essas referências foram incorporadas e se combinaram para construir o som da dupla, que se expressa agora nesse novo trabalho: Sós.

Faixa a Faixa
1 – Refém da Solidão (Baden Powell e Paulo César Pinheiro)
2 – Moda Miúda (Luis Felipe Gama e Ricardo Herz)
3 – Água (Felipe Borim e Roberta Zerbini)
4 – Voltei (Baden Powell e Paulo César Pinheiro)
5 – Camisa Amarela (Ary Barroso)
6 – Las Ciudades (José Alfredo Jimenez)
7 – Mar Desserto (Makely Ka e Kristoff Silva)
8 – Foi Ela (Ary Barroso)
9 – Cabecinha no Ombro (Paulo Borges)

Serviços
Camila Brasiliano e Felipe Borim lançam o CD ‘Sós’
Data e Horário: 06.05.18 – 20h
Local: Tupi or Not Tupi – Rua Fidalga 360 – Vila Madalena – São Paulo – SP
Informacoes: 3813.7404 – Cel: 999398791
Capacidade: 90 pessoas. Possui ar condicionado e acesso para deficientes.
Ingressos: R$ 40 Couvert Artistico
Vendas: https://tupiornottupi.net
Classificação etária: livre
Acesse: https://tupiornottupi.net

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s